quarta-feira, 11 de junho de 2008

O regresso do medo


Hoje senti o medo a chegar...
É doloroso assistir-se impotentemente ao aparecimento, quase invisível mas perceptível deste sentimento bloqueador...
Medo do medo... é o que me faz parar, me faz sucumbir... me deixa completamente destruída por dentro...
Já há algum tempo que andava bem, ansiosa... mas sem medo...
Hoje senti de novo a presença do sentimento temido... não acreditei que seria capaz de enfrentá-lo e, covardemente mas justificadamente fugi... evitei... dei força ao medo...

Querem saber do que fugi? Da Ponte da Arrábida... Fui à volta... dar uma volta gigantesca para calmamente e sem medo chegar a casa... Racionalmente tentei explicar-me que até era bom fazer um caminho diferente, ainda por cima à beira rio... Lindo!!! Tentei aproveitar cada onda, cada raio de sol, cada pássaro, cada pessoa que estava no caminho... Aproveitar e saborear as pequenas maravilhas que este planeta nos oferece e que muitas vezes nos passa ao lado...
Mas sei porque é que intimamente eu o estava a fazer...

Resta saber se amanhã terei forças para lutar e ultrapassar este ainda pequeno mas forte obstáculo...
Darei notícias! ;-)

4 comentários:

Cris disse...

Eu espero que consigas. É esta ponte específica? Ou são outras mais. Dá notícias mesmo. Beijinhos. Ah, e tira-me a verificação de palavras do teu blog por favor.

Sónia Pessoa disse...

podemos passá-la juntas, quando quiseres, eu adoro essa ponte e adorava percorrê-la contigo e dar um pontapé ao medo, que achas?...

beijocas

José Miguel Gomes disse...

E qual o problema de ter medo? Conhecê-lo é o primeiro passo para o superar (se assim quiseres)... Não te martirizes.

Fica bem,
Miguel

Sónia Pessoa disse...

Olá, por favor vai ver o meu último post e divulga.

Obrigada e beijocas,

Sónia Pessoa