segunda-feira, 18 de julho de 2011

Negatividade

Ok... eu sou muito, sempre e demasiado negativa...
Para mim está sempre tudo mal...
Pois... e extremista também...
Tenho muitos erros cognitivos de base...

Infelizmente não aprendi a ser feliz...
Apesar de ter todos os motivos do mundo para o ser...
Puxo o mau... penso sempre sempre que de certeza vou para pior... porque afinal a minha mente é tão negra... e afinal eu não dou o real valor a tudo o que tenho... que de certeza que só se avistam nuvens densas para que eu valorize o bom e o bem...

Não... não quero piorar... eu sei que só posso e só devo ser feliz... Mas porque é que é tão dificil? Mas porque é que tenho tantos espinhos cravados no meu coração? E não os deixo tirar para sangrar e curar, não... Deixo-os tar para continuar a poder sofrer... Mas qual o medo de ser feliz?
...

2 comentários:

Iara disse...

Ah, medo de ser feliz todo mundo tem, né ? Ninguém nasce sabendo ser feliz e poucos tem o privilégio de serem educados para isso.Não se cobre tanto ser feliz, sabe o que eu faço ? Eu tento estar bem, pra mim isso está de bom tamanho , ser feliz parece muito distante ainda, mas estar bem posso trabalhar para isso.
A mente exige muito,mas muita educacao, eu tento todos os dias reprogramar ela, para ser mais otimista,mas é como eu sempre falo, depois de conhecer os abismos da alma humana, como ser feliz de novo ?
se cuida, beijos

Miss Worm disse...

E se eu te dissesse que tudo o que acabaste de escrever é apenas aquilo que tu queres acreditar de ti mesma para dar razão a quando te sentes sem forças ? E se eu te dissesse que tudo depende de ti e que os teus estados depressivos nascem das tuas poucas olhadelas ao espelho? E se eu te dissesse que se levantares a cabeça ao céu e deixares que a chuva te caia na cara, vais perceber como é boa molha-la para saber que estás viva! Cair nem sempre é mau... às vezes precisamos sentir o duro no chão para dar valor ao fofo da cama ! Anda lá ter comigo que eu tenho uma história para te contar e uma mão para te dar....e se fossemos as duas dar uma das minhas caminhadas?