quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dormir em 5 minutos...

Ora muito bem... e como o que eu tenho tentado fazer mais nestas duas últimas semanas é: dormir em 5 minutos, vou tentar escrever qualquer coisita, também em 5 minutos... :-)

E cá estou eu, já na vida com mais um pequeno ser... ainda completamente dependente de mim...
É cansativo... É...
É completamente exaustivo, por vezes... principalmente porque o pequeno príncipe veio do outro mundo com os horários trocados... e se para nós o escuro é quando se dorme, para ele deve ser o dia... e como tal, obriga aqui a Je a dormir também quando se pode...
Por vezes sinto-me desnaturada... só me apetece fazer batota e prolongar as horas para conseguir dormir mais um bocadito... ou por vezes acontece mesmo adormecer... e quando acordo é aquela desilusão de estar a fazer um mau serviço...
Mas enfim... o que interessa é que ele está bem, faz as suas necessidades (:-)), o peso está quase no peso de nascença - o que passados 12 dias do nascimento é o normal -, e eu... cá ando... nas nuvens sempre que ele sorri, mesmo que ainda inconscientemente... menos flutuante quando ele abre o berreiro e eu não consigo perceber o porque... coisas normais de mãe de primeira viagem, certo?
E está o despertador a tocar...
:-)

3 comentários:

Miss Worm disse...

Digamos que é a mesma coisa que ter o toco matinal de 3 em 3 horas ... tão bom :) eheheheh.
Pensa positivo, isso só vai durar até ele ter uns 18 anos...depois já dormes descansada :) :) beijinhos e se precisares de alguma coisa estou aqui.

Anónimo disse...

ola, estou de fds de folga de meu namorado

estou feliz pelo nascimento de teu filho(tua filha)

menino ou menina? o que importa e que venha com saude e saudavel

ora bem,horas de dormida em bebezinhos,pouco temos,mas e tao bom ve lo e senti los nos braços

desejo te tudo de bom e desc se demorei a responder te

bjinhos gdres e bom domingo


luadoceu

Corpo e Alma disse...

Olá,

Pensa apenas que é a coisa mais maravilhosa que nos pode acontecer.
A Natureza manda!
Cada uma de nós acaba por fazer como sabe, como o instinto nos indica. No meu ponto de vista isso é ser Mãe.
Os livros apenas ajudam a elucidar-nos algumas coisas.. não a totalidade.
Aprendemos connosco, com esse ser minusculo que nos faz amar incondicionalmente, mesmo que estejamos completamente de rastos, levantamo-nos para os "acudir" e aconchegar.
Isso é ser Mãe!
Isso é Amar!

Tenhas 1 ou mais filhos, cada um é diferente e acabas por ser sempre mãe de 1ª viagem.

Aproveita cada bocadinho.
Sejam felizes.
Beijos