quinta-feira, 30 de julho de 2009

Ecologia Emocional


“Ecologia emocional é a arte de gerir os nossos afectos (sentimentos e emoções) de tal forma que a sua energia promova condutas que aumentem o nosso equilíbrio pessoal, favoreçam o desenvolvimento da nossa capacidade de adaptação positiva, a melhoria das nossas relações interpessoais e o respeito e cuidado do nosso Mundo”.Sic Conangla & Soler
Princípios para uma vida emocionalmente ecológica:

Princípio da Responsabilidade na autogestão emocional.- Podemos ser parte da solução ou parte do problema da Humanidade. Não podemos viver inundando os outros com o nosso lixo emocional. O preço é demasiadamente caro.

Princípio da prevenção:- “Hoje estamos novamente numa destas situações decisivas em que a diferença entre a solução violenta e a solução antecipada, pode significar a diferença entre a destruição e o desenrolar fértil da nossa civilização” - Sic…Erich Fromm.

Bom uso e poupança da energia emocional:- Eleger bem os objectivos e as pessoas em que investimos energia emocional (Be with mind liked people & distribuir os excedentes e aplicar limites ao consumo). Não desperdiçá-la, centrarmo-nos naquilo que podemos controlar e melhorar – nós mesmos – ao invés de nos empenharmos em mudar os outros.

Uso de Fontes de energia emocional limpas, renováveis e não contaminantes:- Movermo-nos através da força da Alegria, Curiosidade, Confiança, Coragem, Generosidade, Amor, ao invés de fazê-lo por coação, por um falso sentido de obrigação, pelo que os outros vão pensar e dizer, ou egoísmo e interesse. A mesma acção pode dar lugar a resultados totalmente opostos consoante a fonte de energia emocional é limpa ou contaminadora.

Criação de espaços protegidos para espécies emocionais em perigo de extinção, no qual possam crescer, entre outras, a Ternura, o Amor, a Serenidade e a Gratidão.

Protecção do Clima emocional evitando as contaminações por queixas, rumores, insultos, juízos de valor e menosprezo. Aplicar o princípio do respeito.

7 Princípios da ecologia emocional nas relações:

  • Princípio da Autonomia pessoal: “ Ajuda-te a ti mesmo e os outros te ajudarão”
  • Princípio da Prevenção das Depedências: “Não faças pelos outros aquilo que eles podem fazer por eles mesmos”
  • Princípio do Boomerang: “Tudo o que faças aos outros também fazes a ti próprio”
  • Princípio do reconhecimento da individualidade e da diferença: “Não faças aos outros aquilo que queres para ti. Podem ter gostos diferentes”
  • Princípio da moralidade natural: “Não faças aos outros aquilo que não queres que te façam a ti”
  • Princípio da Autoaplicação prévia: “Não poderás fazer nem dar aos outros aquilo que não és capaz de fazer e dar a ti próprio”
  • Princípio da limpeza relacional: “Temos o dever de fazer limpeza das relações que são fictícias, insanas e que não nos deixam crescer como pessoas.”

BibliografiaLa Ecologia Emocional - Jaume Soler e Mercê Conangla – Amat Editorial - 2004

Links de Interesse: http://ecologiaemocional.com/

"Às vezes decidimos que não temos liberdade para tomar uma certa decisão ou executar um acto/acção, mas o que ocorre é que não estamos dispostos a enfrentar as consequências dessa acção."Sic…Conangla & Soler