sexta-feira, 3 de julho de 2009

A Vida por trás do Corpo


A idade não perdoa... a ninguém...

O tempo passa... e todos os dias ficamos um dia mais velhos... até somarmos anos... décadas passam e a vida vai "passando"...

Felizmente também vamos acumulando experiências, aprendizagens, pessoas especiais no nosso caminho e ao nosso lado!

Entristece-me a velhice...

Acho tão injusto terminarmos a nossa vida doentes, incapacitados, dependentes e sofridos...

Hoje em dia a esperança média de vida - em Portugal - é de 78 anos...

Seria realmente bom viver mais e mais se fosse com qualidade de vida... com amor...

Mas mais e mais vejo os velhinhos a serem um peso, a serem menos pessoas e mais vegetais... desculpem-me estes termos... mas o que é ter um corpo sem "alma"?
É Karma para os cuidadores? É demonstração de amor, sim... sem dúvida... mas parece-me demasiado sofrimento para quem queria era estar a viver e não pode...
Quantos sonhos carregam estas pessoas de idades avançadas por detrás dos seus olhos tristes e sem brilho... cheios de dor e solidão...
Quantas histórias para contar que já não são ouvidas nem valorizadas?
Desde quando é que a idade passou a ser tão desprezada que se tornou um peso?

2 comentários:

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Eu digo sempre que há muita coisa que podia ser feita. Numa sociedade em que um indivíduo que chega aos 35 já é considerado velho, o que seria de esperar? Mudar consciências é complicado, mas não é impossível. Quanto às doenças e incapacidades, garanto que mais de metade delas seria resolvida se houvesse mais amor...

lu disse...

Nini.. às vezes também olho com tristeza o que descreves.. e sabes que não sei dar solução?! Acho que passa por cada um de nós. Mas tem de começar por mim. :)