segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Saber esperar...



Ora bem... quem diria que eu iria iniciar este novo ano de cama...
Não tenho andado muito bem desde antes do Natal... mas, não dei grande importância ás dores, até estas se tornarem insuportáveis...
Pois não há um único santo dia deste ano que eu não tenha chorado baba e ranho, que eu não me tenha desesperado com dores, que eu fico a ponto de querer correr para o hospital para me fazerem qualquer coisa... qualquer coisa que me faça sofrer menos...
Mas não posso fazer nada, a não ser esperar que alguma medicação faça efeito e pela consulta de amanhã, onde supostamente irei saber a origem de tanta dor e desespero...
Até lá, repouso absoluto, e esperar...
...

3 comentários:

Zé Miguel Gomes disse...

Só me aparece nas mãos a frase, tudo isso também vai passar, fé, paciência.

Bjs,
Miguel

A Escorpião disse...

Não há como esperar.
Se as dores são assim tantas, já tinhas mais é que ter ido para o Hospital!
Amanhã diz-me o que se passa.
Por acaso não estás grávida pois não? ehehehehe

Cris disse...

ó moça, tu põe-te fina! Diz qualquer coisa depois.