quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Balanço de Agosto


O balanço de Agosto relativamente ao que eu esperava ter feito não é mau... é péssimo...
Não escrevi uma única linha da minha tese, quando a minha expectativa era ter tempo suficiente para tê-la pronta nestes dias...
É uma enorme desilusão não ter tido possibilidade e liberdade para fazê-lo...
Pior é que também não aproveitei NADA de NADA do/com o meu pequenino...

Dias de Praia: 2
Passeios: 1
Dias em casa na seca a espera de fazer alguma coisa: quase todos...

Decididamente, como hei-de conseguir ser feliz com os meus falhanços consecutivos?
Deverei desistir de concluir o que eu pensava ser o meu sonho?
Estou cada vez mais perto disso... de baixar os braços e não querer mais saber de lutas que não me vão levar a lado algum...
Sinceramente, tudo, tudo o que eu imaginei, sonhei, planeei... saiu tudo ao contrário...
Para que sonhar? Para que fazer planos se a vida insiste em mostrar que não somos nós que mandamos?
Estou cansada... desiludida... enfraquecida...
E principalmente estou farta de me sentir sempre assim... em baixo...
Farta de mim!
...

4 comentários:

G disse...

Sempre que leio seus comentários e seus textos sinto muita paz, uma coisa boa.Não se a vida muda seus planos. Tente se reinventar. E não se culpe por achar que não curtiu o bastante seu filho. Eu tenho um enino de três anos. Sei que é difícil lidar com os transtornos e cuidar de filho, marido, vida profissional... Mas não se culpe, espere essa fase mais difícil passar. Quando as coisas estiverem mais serenas pense em como vc pode melhorar algumas coisas, mas sem se culpar. A culpa é que acaba com a gente né? Fica bem, muita força pra vc!!!

NebulosaMente disse...

Oi Lua, te 'conheci' hoje através do blog Quero Tentar da G.. gostei de vocês, estou seguindo.

Bom, eu também não sei mais de onde tirar forças, mas enfim.. não podemos desistir ou seremos literalmente comidos vivos.

E se é que existe um meio de sairmos desse buraco será através de nossos sonhos, né?

Boa sorte pra vc, espero que logo esteja melhor!

Anónimo disse...

um gdre beijinho
amiguinha so sao dias menos bons
outros virao em que dizes: vou conseguir e consegui
muita força, força p ti,pelo teu pequenino,q daqui a pouco e um homenzinho


luadoceu

Rita (the busy woman and the stripy cat) disse...

Também já me senti assim... e quanto à tese... custa, claro, mas depois de acabada, é um peso enorme que nos tiram dos ombros. Já agora, a tua tese é de quê? Eu já escrevi três, ufa! (licenciatura, mestrado e doutoramento)
bjo
rita