terça-feira, 30 de junho de 2009

A Dor...


Dói... dói muito no peito... sufoca... não me deixa falar, pensar...

Só me permite chorar...

Queria um mundo só para mim para poder chorar bem alto, gritar, expulsar toda esta dor...


Desiludo-me por não ter agido correctamente, mas dói mais ter-te desiludido a ti...

Não te queria magoar e acabo por fazê-lo...

Não te queria fazer sentir menos, mas não tive coragem de te trazer comigo à minha fraqueza...

E sentes-te à parte, sentes-te o mais longe de mim...

Desculpa-me...

Ou não me desculpes e acaba com toda esta dor de uma vez por todas... Só não me olhes eternamente como se eu tivesse cometido o pecado mais feio de sempre...

A dor magoa muito... sufoca e está presente...

Um dia será uma dor passada, mas espero que cicatriz curada e lembrada apenas para aprendizagem...

Não quero morrer aos poucos...

Quero viver o hoje... e quero vivê-lo feliz...

Tento... não tenho tido forças, eu sei... mas eu tento... mas não tenho tido forças, eu sei... mas eu tento...

1 comentário:

A Escorpião disse...

Amiga.
Queres a minha colherada e eu vou mete-la: compreendo a tua parte pois também sou adepta, mas também compreendo e muito bem a parte do teu menino.
Pensa comigo, também não iriamos gostar que o mundo todo soubesse de alguma coisa sobre o nosso amado ... menos nós... sentiamo-nos traidas, sem duvida. Neste ponto nao deixo de compreender o teu menino.
Agora, até que ponto isto não se deveu à tua necessidade de algo e consequente reprimenda do outro lado.
Uma relação implica respeito e liberdade, e liberdade não quer dizer fazer o que queremos quando queremos em pensar nas consequencias. Eu falo de respeito pelas nossas decisões independentemente de estarem erradas. Amar não é tentar mudar, é tentar amar dessa forma. Reprimir não é a solução, apontar o dedo muito menos, não somos crianças e embora errando e assumindo... só um adulto o sabe fazer com nobreza.
Com o dialogo tudo se resolve, mas sobretudo com a compreensão. Não é justo rotular uma pessoa por uma decisão, sobretudo se amamos essa pessoa.
Amar dói... e a solução mais facil é a ruptura... mas tu és lutadora. Mostra que sabes o que estás a fazer, mostra que sabes que é errado, mostra que estas a tentar mudar isso independentemente de demorar 1 dia ou 10 anos, mas mostra sobretudo que és uma mulher e que amas com toda a força e um rotulo por intenção pode magoar pode deixar feridas que não fecham.
E que amor sem respeito não é amor!
Mas mostra sempre, conta sempre, não tenhas medo ou vergonha do que és e do que fazes, tem de gostar de ti assim. Não escondas a verdade!