segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Dá-me mais fio...

Nós não nos estamos a dar bem...
Será uma fase? Será que agora é que nos conhecemos bem?
Ás vezes tenho vontade de fazer uma pausa... de rebobinar a cassete e comecar a viver tudo do início...
Mas agora é que são elas... agora é que temos que usar a criatividade e imaginação para não estagnarmos... agora é que temos que usar a nossa comunicação como a nossa maior aliada, para nos compreendermos, para termos paciência, para que consigamos encaixar duas peças quase incompativeis...
As diferenças por vezes tornam-se gigantescas e pesadas de suportar...
Os toques tornam-se numa invasão ao meu espaço...
Sinto-me a querer-te longe... (mas quero-te perto)...
Sinto-me a querer estar sozinha... (contigo ao meu lado)...
Não sei o que fazer, que caminhos percorrer, que atitudes tomar...
Estou sem forças para lutar por nós... talvez desacreditada que algum dia possa amar sem problemas e sem desilusões...
...

4 comentários:

sol disse...

Amar não é isso mesmo? Também com problemas e desilusões... Todos nós, nalgum momento (ou em muitos) sentimos o que conseguiste descrever tão bem, mas amar é a capacidade de permanecer junto da outra pessoa, depois da fase inicial de encantamento, de ilusão, de paixão... é a capacidade de aceitar que a vida a dois nem sempre é tranquila, pacífica... e aceitar esses momentos da mesma forma que se aceitam e integram os bons... será necessário, claro está, uma força redobrada e alguma coragem, mas serão também elas que distinguirão um amor de uma ilusão...
Força! (e se servir de alguma ajuda, relativizar os desencontros ou os desentendimentos costuma ajudar-me neste momentos...)

A Escorpião disse...

Um casal que se dá sempre bem e que é tão antagónico quanto possivel... só conheço um... o azeite e o vinagre no galheteiro...
A vida a dois custa amiga... mas o amor tem de falar mais alto... sempre.
Quando o amor já não grita no meio não há milagres há, sim, sofrimento.
Fala comigo.... por favor!

Cris disse...

O que é que se está a passar?

Sónia Pessoa disse...

Faz parte amiga... a vida a dois é mesmo isso, um amar muito, e às vezes estar farto, mas no fim o que prevalece mesmo é o amor... se esse existir de verdade, e acredita, acredita em mim, resiste a tudo. Força! Beijinhos
P.S. E esse almoço????